14 de jun de 2007

MICHELE SATO - POEMETOS AMBIENTAIS

Minha queridíssima amiga e, agora, sócia.
Michele Sato

O haikai é um estilo poético japonês com metria silábica de 5-7-7 e variações. Bashô, o grande mestre japonês foi traduzido por diversos poetas, inclusive pelo brasileiro Paulo Leminski. Alice Ruiz é outro bom nome nacional, entre outros, mas um representante notável em escrever poemetos é o nosso poeta pantaneiro Manoel de Barros.

Em recentes festivais e concursos, entretanto, há uma modelagem que permite as variações do haikai. Mantendo a essência, a arte destes poemetos é escrever grandezas da vida ou das pessoas, em eventos, fenômenos ou contexto usando poucas palavras. Nesta reinvenção, poderia chamar minhas tentativas de 'haiquase', mas desnudo-me das vergonhas e venho a público colaborar com o querido amigo Clovis Matos, já que a proposta é de inclusão literária.
Assim seja!

Comentários são bem-vindos: http://br.f508.mail.yahoo.com/ym/Compose?To=michelesato@gmail.com
Abraços aprendizes


desenvolvimento
des-envolvimento
dê envolvimento
.;.*:
*;.
Com-sumir a Terra
consumo
sumir seu sumo
.;.*:
*;.
to the blue earth
fight against its death
pink floyd!
.;.*:
*;.
Ipê amarelo
No verde cerrado
Espalha aroma dourado
.;.*:
*;.
Sustentabilidade
Sustenta habilidades
E debilidades
.;.*:
*;.
Pensantes
Pensameio
Pensapós
.;.*:
*;.
Memória da contracultura
legado rebelde contra a
monocultura
.;.*:
*;.
calor no centro-oeste
com cerveja
bate-papo se veste
.;.*:
*;.
Educ-ação ambiental
Educa-paixão
Eco da ação-reflexão
.;.*:
Em cavernas escuras
Até morcego brilha
Quando o amor chega em fagulhas
.;.*:
*;.
Ousadia e temperança
Na luta ecologista
Dualidade de quem tece esperança
.;.*:
*;.
Hoje é lua cheia
O lobisomem transforma
E o mito contagia
Mariana mítica
Ondula água
Na baía pantaneira rítmica
.;.*:
*;.
Nas notas musicais
Voa o sonho
Construindo haikais
.;.*:
*;.
Esperança
Espera trança
Dorme a criança
.;.*:
*;.
Se tudo parece breu
Mergulha para dentro:
A beleza se encontra além do céu
.;.*:
*;.
Campo de dente de leãoLeva a sementeNa brisa do coração
.;.*:
*;.
FLORESTA
Floresta
O aroma voa na brisa
A Flor resta
.;.*:
*;.

Em dias de brisa
Rodopiam folhas
De árvores rugosas e lisas
.;.*:
*;.
Educação e ambiente
Qual a rima
Liga coração e mente?
.;.*:
*;.
Cerrado em ruínas
Pela boca da soja
Devora sonhos de menina
.;.*:
*;.
Na turbulência do clima
A estrela chora
Nem a lua enamora
.;.*:
*;.
Caracol de aconchego
Até quando viaja
Se aventura carregando sua casa!
.;.*:
*;.
No mosaico da vida
fios e meadas
dançam cingidos no universo
.;.*:
*;.
Michèle Sato (http://br.f508.mail.yahoo.com/ym/Compose?To=michelesato@gmail.com)Grupo Pesquisador em Educação Ambiental, GPEAUniversidade Federal de Mato Grosso, UFMTAv. Fernando Corrêa da Costa, sn Coxipó, Cuiabá, MT, BRASILCEP: 78060-900Tel. 55-65-3615 8443 Fax: 3615 8440http://www.ufmt.br/gpea/index.htm----------------------V ENCONTRO - Rede Mato-Grossense de Educação Ambiental - REMTEA http://www.ufmt.br/remtea/index.htm----------------------Congresso Lusófono de Educação Ambientalhttp://www.ceida.org/congreso_ea/portugues/preinscricion.htmlspot no utube:http://www.youtube.com/watch?v=J5me9UjQQRM