23 de jun de 2007

AMBIDESTRA MÃO

Cami Vedoveto

Solte minha mão
Pegue meu braço e me guie
Pois a parte destra em mim
Quer amortecer os erros

Conduza meu braço obediente
Gentil pastor
Amarre esta cigana mão
Por a vida assina com cruel tinta

Esta ambidestra mão
Que te acaricia
Mas te persuade

Mão que recita e os lábios calam
Invocando nomes
Acenando adeus

Nenhum comentário: